Notícias » Família Real

Polêmica entrevista de Meghan e Harry dividiu o Reino Unido, indica pesquisa

Segundo dados publicados pelo YouGov nesta terça-feira, 09, os britânicos estão escolhendo lados em meio ao escândalo real

Pamela Malva Publicado em 09/03/2021, às 19h00 - Atualizado às 19h10

Harry e Meghan em entrevista com Oprah
Harry e Meghan em entrevista com Oprah - Divulgação/NBC News

Não é novidade dizer que a Família Real Britânica foi abalada pela entrevista que o Príncipe Harry e Meghan Markle deram à Oprah Winfrey. Uma pesquisa publicada nesta terça-feira, 09, todavia, revelou que a polêmica também dividiu o Reino Unido.

Realizada com cerca de 4,6 mil pessoas, a recente análise do YouGov mostrou que os súditos da Rainha Elizabeth II estão, de fato, tomando lados no escândalo. O mais interessante, é que essa divisão está acontecendo de acordo com a idade das pessoas

Inicialmente, os dados da pesquisa indicam que 36% dos entrevistados está apoiando a Rainha Elizabeth II e a Coroa Britânica. Em contraposto, apenas 22% se posicionaram a favor de Meghan Markle e seu esposo, o Príncipe Harry.

Quando o recorte foi feito a partir da faixa etária, no entanto, as coisas mudaram de figura. Entre os jovens de 18 a 24 anos, 48% apoia o posicionamento do Duque e da Duquesa de Sussex, enquanto apenas 9% dos maiores de 65 anos ficam do lado do casal.

Meghan Markle e Harry estão casados desde 2018 / Crédito: Getty Images 

 

Nesse sentido, 55% dos idosos mostraram-se favoráveis à Família Real, mas apenas 15% dos mais jovens tomaram o lado da Rainha Elizabeth II. Da mesma forma, a pesquisa ainda verificou uma separação política entre os entrevistados.

Enquanto 38% dos eleitores de esquerda do Partido Trabalhista tenha demonstrado apoio ao ex-casal da nobreza, 15% deles deu razão à Família Real. Em contrapartida, impressionantes 64% dos eleitores conservadores apoiam Elizabeth II, contra os apenas 8% que ficaram do lado de Harry e Meghan na polêmica.

Por fim, a pesquisa ainda perguntou aos entrevistados sua opinião sobre a teoria de que o príncipe e sua esposa teriam sido injustiçados pela Coroa. Em resposta, 61% dos jovens de 18 a 24 anos e 15% dos maiores de 65 anos afirmaram que acreditam que Meghan e Harry, de fato, não receberam um tratamento justo da Família Real.