Notícias » Crimes

Polícia do Paraguai apreende 2,3 toneladas de cocaína escondida em carregamento de carvão

Com um valor estimado em US $ 500 milhões, foi a maior apreensão já feita pelas autoridades do país

Pamela Malva Publicado em 21/10/2020, às 15h30

Imagem meramente ilustrativa de pó de cocaína
Imagem meramente ilustrativa de pó de cocaína - Getty Images

Após denúncia vinda da Bélgica, as autoridades do governo do Paraguai conseguiram apreender a maior carga de cocaína já confiscada no país. Tratam-se de 2,3 toneladas da droga, com um valor estimado em US $ 500 milhões, segundo apurou a BBC.

Segundo os oficiais da polícia paraguaia, a cocaína foi muito bem embalada e enviada para o Israel em um carregamento de carvão. A interceptação do conteúdo ilícito, no entanto, aconteceu em um porto privado próximo à capital, Assunção.

Ainda que o destino final das drogas tenha sido apontado como o país no Oriente Médio, o trajeto programado para o envio ainda contava com algumas escalas. Nesse sentido, a substância ainda passaria pelor Buenos Aires, na Argentina, e pela Bélgica.

No total, a cocaína foi escondida em seis contêineres — sendo que outros cinco, que também podem conter drogas, ainda devem ser investigados. Para as autoridades, é possível que o enorme carregamento tenha sido trazido ao Paraguai por via aérea da Bolívia, que é o terceiro maior produtor de cocaína no mundo.