Notícias » Estados Unidos

Polícia dos EUA registra terceiro tiroteio em massa dentro de 24 horas

O país enfrenta uma onda de ocorrências criminais semelhantes em empresas, locais de lazer e até escolas

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 19/04/2021, às 10h12

Imagem ilustrativa de um carro de polícia estadunidense
Imagem ilustrativa de um carro de polícia estadunidense - Divulgação/Pixabay

Um incomum fato deixou as autoridades de segurança pública dos Estados Unidos em alerta entre o último domingo, 18, e na madrugada para a segunda-feira, 19.

Três ocorrências de tiroteios em massa foram registrados em menos de 24 horas por policiais, como informa o portal UOL.

Durante o domingo, o primeiro chamado apontou um tiroteio no condado de Kenosha, em Wisconsin, com três pessoas mortas e mais duas feridas em decorrência dos disparos em um bar identificado como The Somers House, com a polícia chegando no local já após o fim dos disparos pela madrugada.

O segundo ocorreu pouco antes do meio-dia; em Austin, no Texas, uma invasão em um complexo de apartamentos resultou no mesmo número de vítimas fatais do primeiro, apontando uma relação do caso com um ex-xerife ligado ao local.

Já durante a noite, a polícia atendia um chamado de trânsito em Shreveport, Louisiana, quando ouviu disparos. Este último, ainda em estágio de investigação, não teve o número de vítimas divulgados oficialmente, apesar da mídia local apontar cinco pessoas feridas.

As autoridades não declararam que os incidentes tenham relação — tanto pela distância dos locais, quanto pelos contextos e ligações entre os atiradores e feridos.

Os EUA atravessa uma sequência de atentados; na quinta-feira, 15, um homem matou 8 funcionários da transportadora FedEx e se matou em seguida, em Indianápolis. Três dias antes, um tiroteio em um colégio matou uma pessoa e feriu um policial, em Tennessee.