Notícias » Brasil

Polícia prende traficante que pode estar envolvido em sumiço de meninos de Belford Roxo

Anderson Luis da Silva, o Bambam, foi detido na última quinta-feira, 14

Redação Publicado em 16/10/2021, às 11h14

Imagens que mostram os garotos desaparecidos
Imagens que mostram os garotos desaparecidos - Divulgação/ Polícia Civil do Rio

Na noite da última quinta-feira, 14, a Polícia Civil do Rio de Janeiro fez uma prisão que pode ser peça fundamental nas investigações sobre o desaparecimento dos três meninos de Belford Roxo — que sumiram em dezembro do ano passado.  

O detido, Anderson Luis da Silva, apelidado de Bambam, que é traficante de drogas, tinha dois mandados de prisão em seu nome. O principal deles seria por participação na tortura de um homem que foi entregue à polícia como responsável pelo sumiço do trio.  

Entretanto, a acusação era injusta. Conforme noticiado pela equipe do site do Aventuras na História, a polícia afirma que os jovens foram mortos por traficantes. O indiciamento do homem torturado seria uma forma de atrapalhar as investigações, explica nota do UOL. 

"Ele [Bambam] é gerente geral da comunidade do Rola Bosta que pertence ao Complexo do Castelar e é apontado pela DHBF [Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, responsável pela investigação] como um dos autores da tortura", explicou José Salomão Omena, delegado da 54ª DP, ao UOL. 

De acordo com a polícia do Rio, Bambam saiu da comunidade do Rola Bosta, na última quinta, e estava a caminho do Complexo da Penha, na zona norte, quando foi parado. Ele participaria de uma reunião com membros do Comando Vermelho.  

"O criminoso vinha sendo monitorado direto e ontem foi interceptado em um veículo acionado por aplicativo. Ele foi abordado pelas equipes na pista sentido Rio de Janeiro e não resistiu à prisão", completa o delegado.