Notícias » Crimes

Policiais libertam mulher que foi mantida refém por 5 dias em Realengo

Presa em uma casa na zona oeste do Rio de Janeiro, a própria vítima conseguiu chamar ajuda por um aplicativo de mensagens

Pamela Malva Publicado em 21/11/2020, às 14h30

Fotografia dos policiais cariocas com a mulher que foi resgatada
Fotografia dos policiais cariocas com a mulher que foi resgatada - Divulgação

Neste sábado, 21, o 14° Batalhão de Polícia Militar de Bangu e o 41° BPM de Irajá amanheceram com uma ótima notícia. Após denúncia feita pela própria vítima, os oficiais conseguiram resgatar uma mulher que foi mantida refém por 5 dias, segundo o UOL.

Toda a operação aconteceu em Realengo, no Rio de Janeiro, e só foi possível porque a jovem entrou em contato com a polícia pelo WhatsApp e pediu socorro. O resgate começou na madrugada e o suspeito que a mantinha em casa foi preso na mesma hora.

Enquanto o motivo do crime segue um mistério, os oficiais trabalham a ideia de que a vítima e seu carcereiro estavam em um relacionamento. Com isso, verificou-se que a mulher nunca fez qualquer acusação de agressão contra o homem antes do episódio.

Sendo assim, as identidades dos envolvidos ainda não foram reveladas pelos oficiais, já que a ocorrência segue em andamento. O caso só será fechado quando a polícia conseguir confirmar todas as informações que envolvem a denúncia de cárcere privado.