Notícias » Mundo

Políticos franceses riem após ouvirem sobre o uso de cloroquina no Brasil

O primeiro-ministro Jean Castex citou situação brasileira para criticar deputado que já quis recomendar medicamento

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 14/04/2021, às 15h29

Fotografia de Jean Castex
Fotografia de Jean Castex - Wikimedia Commons

Em uma reunião recente da Assembleia Nacional da França, o primeiro-ministro Jean Castex citou o Brasil e seu uso recorrente de cloroquina no tratamento de pacientes com covid-19, sendo esse inclusive um dos medicamentos presentes no chamado kit covid. O ocorrido, que acabou gerando risadas dos outros políticos presentes, foi repercutido pelo G1. 

A menção surgiu quando o primeiro-ministro rebatia Patrick Hetzel, que é um deputado do partido de oposição que havia dito que o governo francês não fez o suficiente para combater a pandemia

“Me desculpe, mas o senhor distorceu um pouco a realidade. Se tem uma coisa que não fizemos, foi seguir suas recomendações. O senhor escreveu ao presidente da República em 2020 para aconselhar a ele que prescrevesse hidroxicloroquina. Ora, o Brasil é o país que mais a prescreveu”, argumentou Jean, após observar sobre como a situação vivida pelo nosso país era “dramática”. 

O parlamento reagiu com risadas após ouvir sobre a prescrição de hidroxicloroquina, e depois aplaudiu quando o político prosseguiu sua fala dizendo que os vôos do Brasil para a França seriam suspensos.

Veja abaixo o vídeo do ocorrido, que foi compartilhado no Twitter: