Notícias » Brasil

Políticos milionários possuem cadastro para receber auxílio emergencial e Bolsa Família

Pelo menos 500 candidatos nessas eleições recebem benefícios, mesmo com fortunas avaliadas em R$ 1 milhão

Isabela Barreiros Publicado em 05/10/2020, às 14h17

Imagem ilustrativa de cédulas de Real
Imagem ilustrativa de cédulas de Real - Pixabay

De acordo com uma análise realizada pelo UOL, pelo menos 500 candidatos à prefeito, vice-prefeito ou vereador possuem cadastro para receberem o auxílio emergencial oferecido pelo governo neste ano ou o Bolsa Família, mesmo possuindo fortunas avaliadas em mais de R$ 1 milhão

O portal de notícias cruzou as informações públicas dos políticos com os nomes nas listas de pagamento do governo nos meses de maio e junho. Foram encontrados muitos nomes que possuem patrimônios muito bem avaliados e, assim não necessitariam dos benefícios do governo. 

O UOL entrou em contato com alguns dos candidatos e as respostas foram diversas. Alguns afirmaram que não solicitaram o benefício, contrariando os dados obtidos pela investigação. Já outros disseram que suas informações pessoais foram indevidamente utilizadas, pois eles não receberam nenhum dos pagamentos.

No entanto, existem políticos que afirmaram terem, sim, se cadastrado para receber os valores, mesmo possuindo patrimônios muito bem avaliados. Dentro desse caso, alguns indicaram que precisavam do benefício — o auxílio emergencial ou o próprio Bolsa Família.

O auxílio emergencial foi oferecido pelo governo para trabalhadores informais e desempregados que tivessem uma renda mensal de até três salários mínimos ou meio salário mínimo por pessoa.