Notícias » Paleontologia

176 milhões de reais: fóssil de T-Rex é vendido por preço recorde em leilão

Stan, como foi batizado, viveu há cerca de 67 milhões de anos e seus ossos foram usados em moldes endereçados a dezenas de museus pelo mundo

Fabio Previdelli Publicado em 07/10/2020, às 14h01

Uma das reproduções do Stan
Uma das reproduções do Stan - Wikimedia Commons

Na última terça-feira, 6, o fóssil de um Tyrannosauro Rex foi leiloado pelo valor recorde de 31,8 milhões de dólares — o equivalente a cerca de 176,2 milhões de reais. A venda foi organizada pela Christie’s de Nova York, que viu um dos exemplares mais completos do mundo arrecadar 4x mais que o dinossauro que detinha o recorde anterior.

Inicialmente, a Christie’s esperava arrecadas entre 6 e 8 milhões de dólares — de 33 a 44 milhões de reais — com a venda. Porém, o valor arrecado superou as estimativas e comprovou o interesse por esse tipo de dinossauro.

Com cerca de quatro metros de altura e 12 metros de comprimento, Stan, como foi batizado, pesava cerca de oito toneladas e viveu há aproximadamente 67 milhões de anos. Sua ossada foi descoberta em 1987, perto de Buffalo, na Dakota do Sul.

Na ocasião, foram necessárias mais de 30.000 horas de trabalho para desenterrar o fóssil e reconstruir seu esqueleto, que é composto por mais de 188 ossos. A partir disso, seus ossos foram usados em moldes endereçados a dezenas de museus pelo mundo.