Notícias » Crimes

Por violentar e engravidar alunas, professor indonésio é condenado à morte

Herry Wirawan abusou sexualmente de 13 estudantes, sendo que oito delas engravidaram

Fabio Previdelli Publicado em 04/04/2022, às 13h38

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay

O professor indonésio Herry Wirawan, de 36 anos, foi condenado à pena de morte nesta segunda-feira, 4, após ser considerado culpado por abusar sexualmente de 13 alunas de um internato islâmico. Além da violência sexual, o docente engravidou oito de suas vítimas. 

Em um primeiro julgamento, a Justiça do país havia condenado Wirawan apenas à prisão perpétua, mas a Promotoria entrou com um recurso para que a pena de morte fosse imposta. Esta será a primeira execução no país desde 2016, quando a medida foi suspensa. 

Aceitamos o recurso da Promotoria. O réu é condenado à pena de morte", anunciou há pouco a Alta Corte de Bandung, que fica localizada na província de Java Ocidental. 

Segundo relata a AFP, o caso foi descoberto no ano passado, quando a família de uma das vítimas denunciou o professor à polícia por ter estuprado e engravidado sua filha. Durante o julgamento, foi determinado que Herry abusou de suas alunas durante cinco anos.