Notícias » Personagem

Porta-voz da ONU afirma em reunião que não recebeu prova de vida de Latifa, a princesa sequestrada

Após o Reino Unido interferir no caso, a Organização das Nações Unidas também espera notícias da filha do emir de Dubai

Alana Sousa Publicado em 05/03/2021, às 12h00

Princesa Latifa em vídeo
Princesa Latifa em vídeo - Divulgação

Quase um mês da divulgação dos polêmicos vídeos, o caso da princesaLatifa ainda está repercutindo entre as autoridades mundiais. Após afirmar que estava sendo mantida em cárcere privado, a situação da filha do emir de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum chegou ao conhecimento da ONU.

Depois do ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab, exigir uma prova de que a jovem está viva e em segurança, foi a vez da Organização das Nações Unidas enfatizar a necessidade de uma prova de vida da princesa. A informação foi repercutida pelo portal UOL, na manhã desta sexta-feira, 5.

Rupert Colville, porta-voz do Alto Comissariado para os Direitos Humano da Onu, falou em reunião na cidade de Genebra, Suiça, que ainda não recebeu as provas requisitadas: "Não, ainda não, não”.

Ainda que tenham acontecido conversas do Alto Comissariado com autoridades dos Emirados Árabes, nada foi resolvido. Enquanto isso, a situação de Latifa permanece incerta, sua fala nos vídeos publicados se mostra cada vez mais preocupante conforme o tempo passa: "Não sei se vou sobreviver a esta situação".