Notícias » Portugal

Portugal: Homem perde os pais e o irmão para a covid em uma semana

As vítimas, que morreram em julho, se recusaram a receber a vacina

Giovanna Gomes sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 11/08/2021, às 08h06

Três pessoas de uma mesma família morreram em uma semana
Três pessoas de uma mesma família morreram em uma semana - Divulgação/Francis Gonçalves

Após recusarem vacina, três membros de uma família perderam a vida ao contraírem a covid-19, em Portugal. Sem os pais e o irmão, o morador do País de Gales Francis Gonçalves tenta alertar outras pessoas sobre a importância da vacinação. Segundo o portal UOL, as vítimas foram influenciadas por notícias falsas sobre supostos riscos da imunização não comprovados pela ciência.

"Eles não aproveitaram a oportunidade de se vacinar porque ficaram com medo. Meus pais tinham problemas de saúde crônicos, mas deveriam ter tomado a vacina. Só que havia todo um alvoroço sobre isso", declarou Gonçalves.

Sei que muitas pessoas estão optando por não tomar a vacina. Elas não conseguem ver isso a partir de qualquer outra perspectiva — exemplo, por que alguém estaria distribuindo doses se elas fossem prejudiciais? [...] Tenho empatia por essas pessoas, elas estão se perguntando se estão fazendo a coisa certa. Mas isso vai prejudicar nossas famílias, então toda a propaganda antivacina tem que parar", acrescentou.

Shaul, irmão de Francis, morreu no dia 17 de julho, aos 40 anos. Três dias depois, o pai, Basil, de 73, também não resistiu à doença. No dia 24 de julho foi a vez de Charmagne, mãe de Gonçalves, aos 65 anos.