Notícias » Estados Unidos

Possui caderno de Da Vinci: Bens de Bill Gates estão avaliados em 124 bilhões de dólares

Fortuna será dividida com sua ex-esposa Melinda; o casal anunciou o divórcio na semana passada

Fabio Previdelli Publicado em 16/05/2021, às 09h00

O ex-casal Melinda e Bill Gates
O ex-casal Melinda e Bill Gates - Getty Images

Como noticiado pela equipe do site do Aventuras na História na semana passada, o fundador da Microsoft, Bill Gates, anunciou que está se divorciando de Melinda Gates, com a qual construiu uma união de mais de 27 anos.  

Dado isso, um outro ponto chama a atenção no fim da relação dos dois: a divisão de bens, afinal, segundo levantamento feito pela revista Forbes, o patrimônio de Gates está avaliado em 124 bilhões de dólares (ou cerca de R$680 bilhões). 

Para se ter uma ideia, entra as relíquias do magnata estão, de acordo com matéria publicada pelo O Globo, um caderno de anotações que pertenceu a Leonardo Da Vinci e o lendário rancho do aventureiro americano Bufallo Bill, que fica em Wyoming. A fortuna de Gates é maior que o valor de mercado da Ford, Twitter e Marriot somados. 

“A quantidade de dinheiro a diversidade de ativos envolvidos nesse divórcio vai além da nossa imaginação”, comentou o advogado especialista em divórcios bilionários David Aronson. “É raríssimo ver algo que chegue minimamente perto a esse caso em termos de magnitude”. 

Apesar de ser um dos fundadores da Microsoft, em 1975, Bill Gates se desvencilhou há anos do controle majoritário da companhia, passando a investir seu patrimônio em diversos outros ramos — hoje Gates tem apenas 1,3% das ações da companhia, aponta O Globo —, como start-ups de energia limpa e mpresas de aluguel de jatos privados, além, é claro, da Fundação filatrópica que mantém ao lado de Melinda.