Notícias » Tonga

Erupção em Tonga foi centenas de vezes mais potente que a bomba de Hiroshima

A afirmação foi feita por cientistas da NASA nesta segunda-feira, 24

Redação Publicado em 24/01/2022, às 11h49

Imagem de satélite da erupção em Tonga
Imagem de satélite da erupção em Tonga - Divulgação / CNN

Cientistas da NASA afirmaram, nesta segunda-feira, 24, que a erupção vulcânica nas ilhas Tonga, no último dia 15 de janeiro, foi muito mais potente do que a bomba atômica lançada sobre a cidade de Hiroshima, no Japão. 

Segundo o Observatório da Terra da NASA, o vulcão conhecido como Hunga Tonga-Hunga Ha'apai lançou uma enorme coluna de fumaça que atingiu uma altura de 40 km.

De acordo com a agência, a erupção foi centenas de vezes mais potente do que a bomba atômica lançada durante a Segunda Guerra Mundial, em agosto de 1945. A estimativa, segundo os  cientistas, é que a bomba tenha atingido 15 kt de TNT, levando em consideração que um quiloton equivale a 1.000 toneladas. 

"Calculamos que a quantidade de energia liberada pela erupção foi equivalente a entre 5 e 30 mt (um megaton = 1.000 kt)", declarou o cientista Jim Garvin, em texto publicado no último domingo, segundo a AFP.

O fenômeno "superou em muito qualquer outra coisa que as pessoas daqui viveram", disse a jornalista Mary Lyn Fonua, que vive na região de Nuku'alofa, à agência de notícias. "A onda de choque da erupção abalou nossos cérebros", afirmou.