Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Filipinas

Prefeito filipino implementa ‘política do sorriso’ para funcionários do governo

Funcionários foram ordenados a sorrir e podem ser punidos com ações disciplinares caso não sigam a medida

Redação Publicado em 12/07/2022, às 07h47

O prefeito filipino Aristóteles “Aris” L Aguirre - Divulgação/Facebook/Kuya Aris Aguirre
O prefeito filipino Aristóteles “Aris” L Aguirre - Divulgação/Facebook/Kuya Aris Aguirre

Um prefeito das Filipinas implementou uma “política do sorriso” aos funcionários do seu governo local, ordenando que eles sorrissem enquanto estivessem atendendo ao público. Caso não obedeçam à medida, podem ser punidos com ações disciplinares.

A política foi imposta por Aristóteles “Aris” L Aguirre, prefeito do município de Mulanay em Quezon, que assinou uma ordem executiva destacando a “política do sorriso” para lidar com um suposto problema de desânimo entre os funcionários.

Segundo o jornal britânico The Guardian, a expectativa é que a medida seja capaz de “dar sinceridade ao mostrar uma sensação de calma e atmosfera amigável” ao público que seja atendido pela administração local.

Na ordem executiva, foi destacado ainda que a política deve ser estritamente cumprida por “todos os departamentos, escritórios, unidades e seções” do atendimento ao público e que os funcionários seriam monitorados.

Qualquer funcionário/funcionário que, por meio de ação apropriada, violou esta ordem, será motivo suficiente para responsabilidades administrativas com referência às leis, políticas, diretrizes, regras e regulamentos existentes”, diz o texto.

Mais ordens peculiares

Nas Filipinas, esse tipo de política não parece ser tão incomum assim. Outro político, Kevin Anarna, recém-eleito prefeito de Silang, ao sul de Manila, também ordenou que seus funcionários não devam franzir a testa.

“Em primeiro lugar, deveria ser: quando você vai hoje à prefeitura, todos os funcionários estão sorrindo. Franzir a testa é proibido”, discursou Anarna, conforme foi repercutido pelo ABS-CBN .