Notícias » Brasil

Prefeituras de SP e Rio adiam desfiles de escolas de samba para abril

O tradicional evento nos sambódromos do Anhembi e Sapucaí, respectivamente, foi empurrado após aumento de casos de covid-19

Wallacy Ferrari Publicado em 22/01/2022, às 08h49

Carnaval sendo realizado na Sapucaí
Carnaval sendo realizado na Sapucaí - Getty Images

Em reunião virtual realizada na noite da última sexta-feira, 21, os prefeitos de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), e do Rio, Eduardo Paes (DEM), acordaram adiar o Carnaval em sambódromos, que acontece tradicionalmente em fevereiro, para o mês de abril, aproveitando o fim de semana de feriado prolongado de Tiradentes, previsto para 21 de abril em uma quinta feira.

Ambas as cidades enfrentam um acelerado aumento de casos do novo coronavírus, sendo impulsionados pela disseminação da variante ômicron. Compreendendo o avanço, o encontro contou com os secretários de Saúde de cada uma das capitais para esclarecer a viabilidade do evento e ainda contou com os presidentes das Ligas de Escolas de Samba de ambos os municípios.

A decisão foi tomada em respeito ao atual quadro da pandemia de COVID-19 no Brasil e a necessidade de, neste momento, preservar vidas e somar forças para impulsionar a vacinação em todo o território nacional", afirmaram Paes e Nunes em nota conjunto direcionada à imprensa.

No comunicado, eles anda agradeceram à compreensão da Liga das Escolas de Samba após a orientação dos secretários, visto que a mudança altera todo o cronograma das participantes, inclusive na agenda de 2023.