Notícias » Europa

Presa de mamute de 2,5 metros de comprimento é encontrada na Alemanha

Segundo arqueólogo envolvido nas escavações, descobrir o marfim foi “um golpe de sorte completo"

Isabela Barreiros Publicado em 28/03/2020, às 14h05

A presa do mamute
A presa do mamute - Divulgação/Escritório Regional da Baviera para Preservação Cultural e Histórica

Durante uma escavação para encontrar vestígios de uma cidade do século 15, arqueólogos se depararam com outro artefato muito raro. Eles se depararam com uma presa de um mamute que mede aproximadamente 2,5 metros de comprimento. A descoberta foi feita cidade de Regensburg, na Baviera, Alemanha, especificamente em um grande assentamento medieval da região.

O achado foi considerado raro pelos pesquisadores envolvidos na descoberta. Os arqueólogos afirmaram que é extremamente difícil encontrar restos gigantescos no estado alemão da Baviera.

Além do artefato que remonta à Era do Gelo, o grupo de especialistas encontrou outra presa nas proximidades da descoberta. No entanto, eles ainda não podem afirmar se ainda se trata do mesmo animal.

"Com seu comprimento de 2,45 metros, incluindo o dente da ponta, essa presa é uma descoberta extraordinariamente completa. Um golpe de sorte absoluto", explicou Gertrud Rössner, chefe da coleção de mamíferos geológicos e paleontológicos do estado.