Black Friday Amazon 2021
Notícias » Inglaterra

Presidente-executivo de banco inglês é retirado do cargo por envolvimento com Jeffrey Epstein

O Barclays realizou uma investigação sobre o relacionamento de Jes Staley com o financista condenado por abuso sexual

Penélope Coelho Publicado em 01/11/2021, às 09h04

Jes Staley
Jes Staley - Getty Images

Nesta segunda-feira, 1, o banco britânico Barclays anunciou que o CEO da empresa Jes Staley, de 64 anos, irá deixar seu cargo imediatamente, após uma investigação ser concluída e apontar seu envolvimento com o financista Jeffrey Epstein.

No ano de 2020, o banco da Inglaterra iniciou uma investigação para entender como se dava o relacionamento de ambos, que teria começado no inicio da década de 2000.

Segundo informações divulgadas nesta manhã pela agência de notícias AFP, o comunicado informa que a investigação “não conclui que o sr. Staley viu, ou teve conhecimento de qualquer um dos supostos crimes de Epstein".

Entretanto, em nota o banco afirma que o “Conselho de Administração e Staley concordaram que ele se retiraria de suas funções como presidente-executivo do grupo e administrador do Barclays”.

Sabe-se que Jeffrey Epstein foi preso em 2019, condenado por exploração e tráfico sexual de menores, nos EUA. O homem foi encontrado morto em sua cela em agosto do mesmo ano. De acordo com as autoridades, a causa da morte foi suicídio.