Notícias » Finlândia

Primeira-ministra da Finlândia pede desculpas por ir à boate

Sanna Marin foi criticada por sair após ter contato com uma pessoa que testou positivo para Covid-19

Penélope Coelho Publicado em 08/12/2021, às 14h42

Sanna Marin, primeira-ministra da Finlândia
Sanna Marin, primeira-ministra da Finlândia - Getty Images

Nesta quarta-feira, 8, a primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin, se pronunciou sobre sua ida a uma boate após ter tido contato com uma pessoa que testou positivo para Covid-19.

Marin se desculpou por sair durante a noite de sábado, em Helsinque, algumas horas depois de receber a notícia de que o Ministro das Relações Exteriores estava infectado com o vírus.

De acordo com informações publicadas pela BBC, Sanna afirma que inicialmente recebeu a orientação de que não precisaria se isolar, por já ter recebido as duas doses da vacina contra o novo coronavírus.

Com inúmeras críticas, a primeira-ministra foi chamada de irresponsável, já que além de sua atitude, a Finlândia registrou casos da nova variante ômicron, que vem preocupando especialistas.

Em nota, a mulher voltou atrás e pediu desculpas por não ter esperado o resultado do teste de Covid-19 para sair. Segundo revelado na reportagem, o teste apresentou resposta negativa ao vírus.

Arrependida, a política usou sua rede social para falar sobre o assunto e disse que deveria ter verificado melhor as orientações:

"Lamento muito por não entender que precisava fazer isso", escreveu.