Notícias » Brasil

Primeira vereadora trans de BH acusa salão de beleza de negar atendimento

Duda Salabert do PDT foi negada na segunda-feira, 25, e fez denúncia formal do caso

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/10/2021, às 14h14

A vereadora de Belo Horizonte Duda Salabert
A vereadora de Belo Horizonte Duda Salabert - Reprodução / Twitter

Eleita primeira vereadora transexual de Belo Horizonte pelo PDT em 2020, Duda Salabert teve atendimento negado em um salão de beleza dentro de um shopping da cidade, onde queria fazer suas sobrancelhas. 

A funcionária pública disse que mesmo após informar que era uma mulher trans as funcionárias do salão disseram que não atendiam homens, recriando o diálogo em post nas redes sociais.

Ainda segundo suas redes sociais, ela então foi até a administração do Shopping Cidade, onde o salão está localizado, e denunciou o abuso:

Fui à administração do shopping e fiz a reclamação. O shopping pediu desculpas. Amanhã farei a denúncia formal.”

Em nota, o Shopping Cidade respondeu, prometendo apurar o ocorrido e repudiando a discriminação sofrida por Duda. "Vale reforçar que o Shopping Cidade sempre foi um ambiente diverso e tem como sua bandeira ser um shopping para todos", diz a nota.

Ativistas, políticos e famosos de todo o Brasil, como a vereadora de São Paulo Erika Hilton e a cantora Daniela Mercury, assim como Ciro Gomes (do mesmo partido),  demonstraram apoio à funcionária pública pelas redes sociais.