Notícias » Espaço

Primeiro estudo arqueológico no espaço é iniciado

Cientistas estão conduzindo um experimento importante na Estação Espacial Internacional (ISS)

Isabela Barreiros Publicado em 20/01/2022, às 09h48

Estação Espacial Internacional (ISS)
Estação Espacial Internacional (ISS) - Nasa

Nesta semana, um experimento arqueológico começou a ser desenvolvido pela primeira vez no espaço por cientistas que querem entender as mudanças que aconteceram ao longo do tempo na famosa Estação Espacial Internacional (ISS).

Embora na Terra os arqueólogos geralmente escavem o terreno estudado em quadrados de um metro para iniciar as investigações, no caso da ISS, não há nenhum local para ser cavado, o que os levou a uma estratégia diferente.

Por meio do Sampling Quadrangle Assemblages Research Experiment, ou SQuARE, a equipe do Projeto Arqueológico da Estação Espacial Internacional (ISSAP) desenvolveu adaptou a técnica do “poço teste” usada em as amostras terrestres.

Como reportou a revista Galileu, na última sexta-feira, 14, a astronauta da Nasa Kayla Barron instalou quadrados de um metro no laboratório, que foram definidos através de fita adesiva e estão sendo fotografados. O período para o teste é de 60 dias.

“Em vez de escavá-los para revelar novas camadas de solo representando diferentes momentos da história do local, vamos fotografá-los todos os dias para identificar como estão sendo usados ​​e como mudam ao longo do tempo”, apontou Alice Gorman, professora associada da Universidade Flinders, na Austrália, em nota.

“Somos os primeiros a tentar entender como os humanos se relacionam com os itens com os quais vivem no espaço”, acrescenta Justin Walsh, professor associado da Universidade Chapman, nos EUA, que lidera o estudo ao lado de Gorman.