Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Primeiro-ministro da Eslováquia sofre ataque e é baleado após reunião

O premiê eslovaco Robert Fico, de 59 anos, sofreu o ataque após sair de uma reunião de governo nesta quarta-feira,15; estado de saúde é grave

Robert Fico, primeiro-ministro da Eslováquia - Getty Images
Robert Fico, primeiro-ministro da Eslováquia - Getty Images

Nesta quarta-feira, 15, o primeiro-ministro da Eslováquia, Robert Fico, foi baleado logo após sair de uma reunião governamental na cidade de Handlová, a 190 km da capital do país, Bratislava. Rapidamente, ele foi encaminhado ao hospital e um suspeito foi preso ainda no local.

Conforme descrito pelo G1, o ataque ocorreu logo após Fico sair de uma reunião, tendo sido escutados quatro disparos ao todo, dos quais um deles atingiu o premiê no abdômen. De acordo com o gabinete, seu estado de saúde atual é grave.

A mídia local descreve que havia poucas pessoas do lado de fora do local da reunião esperando por Fico, e nenhuma delas vaiava ou gritava contra o governo; exceto por um homem, que protestava com um cartaz em mãos.

Após o ataque, a atual presidente do país, Zuzana Caputová, condenou o ataque em nota, descrevendo-o como "brutal", e desejando uma rápida recuperação a Fico. Já Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, também condenou "fortemente o ataque"; lembrando que a Eslováquia compõe a União Europeia desde 2004.

Figura controversa

Robert Fico foi eleito no fim de 2023 na Eslováquia com uma campanha defendendo Putin em seu avanço no território ucraniano, sendo contrário à ajuda da União Europeia e da Otan (Organização Militar do Atlântico Norte) à Ucrânia. Vale mencionar que a Eslováquia é uma nação relevante nesse cenário, sendo parte da Otan.

Vale mencionar também que o partido de Fico, Direção Social-Democracia (Smer-SSD), possui um posicionamento mais nacionalista e conservador, criticando o liberalismo social. O premiê também já condenou publicamente o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a adoção de crianças por esses casais, e incentiva reformas que possibilitam mais poder a sindicatos.

Ele também já expressou posições duras contrárias à imigração de muçulmanos à Eslováquia, sendo visto como pró-Rússia por seu posicionamento contrário à instalação de bases militares norte-americanas na Europa Central.

Robert foi primeiro-ministro anteriormente entre 2006 e 2010, e depois entre 2012 e 2018, tendo renunciado da última vez após pressão da oposição, depois que um jornalista que investigava a corrupção de seu governo foi assassinado.