Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Príncipe Andrew

Príncipe Andrew tinha ‘relacionamento íntimo’ com Ghislaine Maxwell, diz ex-policial real

Ex-namorada de Jeffrey Epstein foi condenada por tráfico sexual de menores na última semana

Redação Publicado em 04/07/2022, às 08h05

O príncipe Andrew e a socialite Ghislaine Maxwell - Getty Images
O príncipe Andrew e a socialite Ghislaine Maxwell - Getty Images

O príncipe Andrew teria tido um “relacionamento íntimo” com a socialite Ghislaine Maxwell, o que deu a ela “acesso irrestrito” ao Palácio de Buckingham, sede da família real britânica, disse um ex-policial real.

Segundo relatou Paul Page ao jornal britânico The Sun, o nome de Maxwell ficou fora dos livros dos visitantes do palácio, podendo entrar quando quisesse — os seguranças, inclusive, eram ordenados a apenas acenarem quando ela viesse ver o duque.

Ela tinha permissão para entrar e sair do Palácio noite e dia à vontade", contou Page.

O ex-policial serviu a família real durante seis anos como oficial de proteção armado, tendo atuado no Palácio de Buckingham entre 1998 a 2004. Por sempre ver a socialite entrando e saindo dos apartamentos de Andrew, ele e os colegas acreditavam que os dois mantinham algum tipo de relacionamento.

Isso teria sido confirmado por um “piquenique íntimo” que Andrew e Ghislaine no terreno do Palácio de Buckingham. "Estava do lado de fora da janela do quarto da rainha. Então, daquele ponto em diante, eu achava que eles tinham algum tipo de relacionamento íntimo”, explicou.

Sobre os dois manterem o nome da socialite fora dos livros de visita, o ex-oficial afirmou: "Nós assumimos que eles não queriam nenhuma evidência de sua visita ao palácio, talvez porque ela fosse filha de Robert Maxwell — não teria sido uma boa olhada".

Condenação da socialite

No último dia 28, Maxwell foi condenada a 20 anos de prisão por tráfico sexual de menores após ajudar Jeffrey Epstein no abuso sexual de menores de idade. A pena ainda é inferior à condenação de 30 a 55 anos solicitada pela promotoria.

O príncipe nega as alegações relacionadas ao caso de Epstein e Maxwell, além da acusação de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre enquanto a americana ainda era menor de idade.