Notícias » Monarquia

Príncipe Charles pode pagar 2 milhão de euros em segurança para Meghan e Harry, diz jornal

De acordo com porta-voz, Príncipe de Gales concordou em ajudar o casal

Vanessa Centamori Publicado em 31/03/2020, às 10h10

Príncipe Charles
Príncipe Charles - Divulgação / Facebook

Após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, postar em suas redes sociais que não irá investir dinheiro na segurança do casal Príncipe Harry e Meghan Markle, uma fonte da realeza revelou ao jornal The Daily Mail que parte dos custos poderão ser pagos por Charles, o Príncipe de Gales. 

O valor total que Harry e Meghan Markle precisam é de 4 milhões de euros por ano (cerca de R$22,8 milhões de reais, na atual cotação). Charles teria concordado em fazer uma contribuição de aproximadamente 2 milhões, anualmente (R$ 11,4 milhões). 

"No entanto, o Príncipe de Wales não tem uma quantia infinita de dinheiro. A renda total vinda do Ducado da Cornualha é de cerca de £21 milhões de euros, por ano", contou o porta-voz. 

O casal Meghan Markle e Príncipe Harry / Crédito: Wikimedia Commons 

 

Os custos de segurança de Meghan e Harry são bem altos, em parte porque eles tem planos de se mudar permanentemente para a Califórnia, nos EUA, onde a Polícia Metropolitana dos Estados Unidos não tem permissão para carregar armas. Então, o casal irá investir em segurança privada.

Além disso, conforme foi informado pelo presidente Donald Trump, os Estados Unidos não pretendem gastar os recursos provenientes das taxas pagas pelos cidadãos norte-americanos para contribuir com os Duques de Sussex. Em resposta, um porta-voz de Meghan e Harry já disse que eles também não pretendem pedir aos EUA ajuda financeira.