Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Professor indiano

Professor indiano devolve quase três anos de salário: 'Ouvi minha voz interior'

Professor indiano tomou a decisão após a pandemia obrigá-lo a lecionar através de aulas online

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 11/07/2022, às 19h11

Trecho de reportagem que entrevistou o professor - Divulgação/ Youtube
Trecho de reportagem que entrevistou o professor - Divulgação/ Youtube

Na Índia, um professor universitário decidiu devolver à instituição os últimos 33 meses de salário, ou o equivalente a dois anos e nove meses.

O motivo seria que, durante este período, as aulas foram canceladas diversas vezes, e, quando ocorreram à distância, pouquíssimos alunos de fato compareceram às reuniões virtuais.

A mudança do presencial para o sistema de ensino remoto, por sua vez, foi uma adaptação adotada pelo local onde trabalhava, a Nitisheswar College, devido à pandemia de covid-19. 

Minha consciência não me permite receber um salário sem ensinar. Mesmo durante as aulas online, havia apenas um punhado de alunos presentes nas aulas. Se eu receber um salário sem lecionar por cinco anos, seria a morte acadêmica para mim. Ouvi minha voz interior e decidi devolver meu salário por dois anos e nove meses para a universidade", relatou Lalan Kumar em entrevista ao portal Indian Express. 

Estratégia? 

Para Manoj Kumar, todavia, o reitor da Nitisheswar College, a decisão do professor de devolver o dinheiro não tem a ver apenas com valores morais: 

Não é apenas a ausência dos alunos, mas uma tática de pressão para obter uma transferência para o departamento de pós-graduação", especulou ele para o Indian Express.