Notícias » Nazismo

Professor universitário elogia Adolf Hitler na Itália

Nas redes sociais, docente postou uma mensagem defendendo o ditador nazista

Joseane Pereira Publicado em 03/12/2019, às 09h00

Adolf Hitler discursando em 1934
Adolf Hitler discursando em 1934 - Getty Images

Emanuele Castrucci, docente da Universidade de Siena, postou no Twitter uma mensagem elogiando o ditador nazista Adolf Hitler. “Disseram a vocês que sou um monstro porque não contaram que combati os verdadeiros monstros que hoje governam e dominam o mundo", afirmava a mensagem, acompanhada de uma foto do Fuhrer. "Hitler, apesar de não ser um santo, naquele momento defendia a civilização europeia inteira".

Castrucci atualmente dá aulas de Filosofia do Direito na Universidade de Siena. Em resposta, a instituição afirmou que a frase era “uma opinião pessoal” do docente. "A Universidade de Siena, como demonstrado em várias ocasiões, é declaradamente antifascista e rejeita qualquer forma de revisionismo histórico em relação ao nazismo”, afirmou o reitor Francesco Frati.

Monica Bardi, vice-governadora de Toscana, onde fica a Universidade, solicitou afastamento do professor e abertura de uma denúncia por apologia ao fascismo. “Muitas pessoas ainda não entenderam que a apologia ao fascismo é um crime", afirmou ela. A Comunidade Judaica de Florença também afirmou que tomará providências contra a postagem.