Notícias » Brasil

Projeto de lei que multará quem furar fila de vacinação da Covid-19 é aprovado pela Alesp

Agora, PL aguarda sanção de João Dória. Conheça valores propostos!

Fabio Previdelli Publicado em 11/02/2021, às 11h42

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Divulgação

Hoje, 11, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou um projeto de lei que prevê multa de até 100.000 reais para quem furar a fila na hora da vacinação contra a Covid-19. As informações são do UOL. 

Agora, o projeto de autoria dos deputados Gilmaci Santos (Republicanos) e Henri Ozi Cukier (NOVO), aguarda por sansão do governador João Dória. O projeto visa não só multar que fura fila, mas também os agentes de saúde que aplicarem a vacina indevidamente.  

Confira os valores propostos na multa: até R$ 25 mil para o agente que aplicar a vacina; até R$ 50 mil para quem furar a fila e se vacinar de forma irregular; e até R$ 100 mil para quem furar a fila e também é agente público, o que inclui prefeitos e secretários.  

"Agora, quem furar a fila da vacinação, ou facilitar esse tipo de absurdo, será devidamente punido. Estamos fazendo a nossa parte para acabar com a impunidade", comemorou Cukier, em suas redes sociais, a aprovação do projeto.