Notícias » Brasil

Promotoria pede que Monique Medeiros volte para presídio, por descumprir regras

O Ministério Público alega envolvimento da mãe do menino Henry Borel em publicação nas redes sociais; entenda

Redação Publicado em 11/04/2022, às 10h08

Monique Medeiros, deixando a prisão
Monique Medeiros, deixando a prisão - Divulgação/Youtube/UOL

Após Monique Medeiros sair do presídio e passar a usar tornozeleira eletrônica, com a decisão imposta pela juíza Elizabeth Louro, o Ministério Público do Rio de Janeiro entrou com um recurso contra a decisão.

A promotoria alega que a mãe do menino Henry Borel — morto aos 4 anos em março do ano passado — descumpriu uma das condições para permanecer em prisão domiciliar e teria realizado uma publicação nas redes sociais. Monique e seu ex-namorado, o ex-vereador Dr. Jairinho, são réus no processo que apura a morte da criança.

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias UOL, o MP pede para que Monique volte para o presídio. O recurso aponta uma possível relação da mulher com o perfil 'Monique Inocente'. Além de uma suposta conta de Medeiros, que teria reagido a uma publicação.

Logo após sua soltura, ela [Monique] se envolve em postagens sociais, apesar da proibição pelo juízo em sua decisão", argumenta a promotoria.

Em nota enviada ao portal, os advogados da acusada negam envolvimento de Monique no Instagram. Sabe-se para permanecer fora da prisão, além do uso da tornozeleira e de não publicar nas redes sociais, a acusada também só pode manter contato com advogados e familiares.