Notícias » Mundo

Protestantes de burca dão suporte a talibãs em Cabul

Um grupo de mulheres se manifestou nas ruas da capital do Afeganistão nesta quarta-feira, 26

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/01/2022, às 15h55

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

Cerca de 100 mulheres com véus se reuniram e formaram um grupo para manifestar nas ruas de Cabul nesta quarta-feira, 26, seu apoio ao regime do talibã, grupo extremista que tomou o Afeganistão em agosto de 2021. 

No protesto, que, de acordo com a AFP, foi organizado pelos talibãs, a maior parte das mulheres vestia burca ou niqab, ambos véus que cobrem o rosto. No caso do Niqab, é possível ver os olhos de quem usa, enquanto com a burca, não.

As manifestantes se reuniram em frente à antiga embaixada dos Estados Unidos, onde usaram de cartazes em dari, pashtun e inglês para reafirmar o seu "apoio ao emirado islâmico", nome empregado ao regime pelos talibãs. 

Reunidas em frente à antiga embaixada dos Estados Unidos, levantaram cartazes em inglês, pashtun e dari, para afirmar seu "apoio ao emirado islâmico", nome dado pelos talibãs ao seu regime, e exigir "o desbloqueio do dinheiro congelado".

Antes, segundo a AFP, o Afeganistão tinha 80% de seu orçamento composto por ajuda internacional. Agora, a ajuda foi interrompida, e os Estados Unidos congelaram US$ 9,5 bilhões em ativos do Banco Central do país.