Notícias » Personagem

Psiquiatra revela que foi procurado para avaliar se Britney Spears estava sendo “excessivamente dopada”

Em entrevista, o dr. Charles Sophy falou sobre o caso; entenda

Penélope Coelho Publicado em 29/09/2021, às 09h33

Britney Spears em 2013
Britney Spears em 2013 - Getty Images

Em entrevista ao portal TMZ, o médico psiquiatra Charles Sophy afirmou que no início deste ano foi procurado para verificar se Britney Spears estava recebendo excesso de medicação, como maneira de controle de sua tutela — que tem o pai da cantora, Jamie Spears, como responsável desde 2008. 

A pessoa — que não teve a identidade revelada — entrou em contato com o doutor para que ele avaliasse a medicação que a artista pop estava recebendo.

De acordo com o médico, quem procurou por ele estava claramente preocupado com a possibilidade de Spears estar sendo “excessivamente dopada com drogas”, já que isso poderia manter a cantora em um quadro mental que a deixasse incapaz de tomar decisões em todos os âmbitos de sua vida.

Na entrevista, Sophy afirma que pensou em recusar o pedido, mas, caso a artista estivesse sendo medicada de maneira errônea, ela estaria em um círculo vicioso que não conseguiria se livrar. Na ocasião, o médico sugeriu que a tutela de Britney tivesse ligação com a medicação controlada.

Sabe-se que no tribunal, Spears fez acusações a respeito de sua medicação, em junho Britney afirmou que seus remédios haviam sido trocados e que ela tinha a sensação de que estava bêbada quando os tomava.

No início deste mês, após uma longa batalha na Justiça,Jamie concordou em abrir mão da tutela da filha. Atualmente, realiza um “período de transição”. Os advogados da cantora continuam na luta para que a tutela seja completamente revogada até o final deste ano.


Sobre o caso

Desde 2008, Spears não possui a capacidade legal de tomar decisões por conta própria, seu pai é o responsável pela tutela. Desde então, Britney tem que pedir autorização para o progenitor. No ano de 2007, a artista passou por uma crise e perdeu a gerência de quase todos os segmentos de sua vida artística e particular.

Britney iniciou uma batalha judicial contra o pai para que pudesse recuperar o controle de sua vida, tanto pessoal quanto de sua carreira. O caso continuará sendo julgado pelas autoridades norte-americanas, contando com inúmeras audiências para discutir a situação da cantora. 

O caso envolvendo Britney ganhou ainda mais espaço na mídia após a divulgação do documentário ‘Framing Britney Spears’.