Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Putin diz estar aberto a negociações, mas pontua 'interesses inegociáveis'

O presidente russo discursou nesta quarta-feira, 23, durante as comemorações do Dia do Defensor da Pátria

Redação Publicado em 23/02/2022, às 16h00

Vladimir Putin, presidente da Rússia - Getty Images
Vladimir Putin, presidente da Rússia - Getty Images

Nesta quarta-feira, 23, um discurso gravado de Vladimir Putin foi transmitido pela TV Estatal russa durante as comemorações do Dia do Defensor da Pátria. Em sua fala, o presidente afirmou que estaria disposto a negociar uma solução diplomática para a crise com o Ocidente, mas apenas respeitando os seus interesses “inegociáveis”.

Segundo a Folha, o discurso de Putin tinha como objetivo pressionar Volodymyr Zelensky. Isso porque, na última terça-feira, 22, o presidente da Ucrânia também prometeu negociações, mas mobilizou sua população para uma possível invasão russa.

Nosso país está sempre aberto a um diálogo aberto e honesto para encontrar soluções diplomáticas para os problemas mais complexos”, afirmou Putin. “Não obstante, os interesses e a segurança de nossos cidadãos são inegociáveis.”

Durante o vídeo, que foi divulgado para toda a população russa, o presidente ainda manteve o cunho militarista, afirmando que "continuaremos desenvolvendo sistemas avançados de defesa, incluindo do tipo hipersônico e baseado em novos princípios físicos, e expandiremos o uso de tecnologias digitais e inteligência artificial".

Deixando claro que “essas são as armas do futuro", Putin discursou em um dos mais importantes feriados do calendário russo. A data, ainda de acordo com a Folha, faz parte das comemorações relacionadas à vitória soviética na Segunda Guerra Mundial.