Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Putin espera solucionar situação da Ucrânia de forma pacífica

O presidente russo falou sobre o caso em uma entrevista coletiva na última segunda-feira, 7

Pamela Malva Publicado em 08/02/2022, às 18h00

Fotografia de Vladimir Putin - Getty Images
Fotografia de Vladimir Putin - Getty Images

Em entrevista coletiva na última segunda-feira, 7, Vladimir Putin afirmou que espera que a situação da Ucrânia seja resolvida de forma pacífica. Segundo a CNN, o presidente da Rússia ainda disse não ver alternativa aos acordos de paz de Minsk.

O russo falou à imprensa logo depois de se encontrar com Emmanuel Macron, o presidente da França. Na ocasião, então, Putin pontuou que seu governo fará o possível para criar acordos de segurança na Europa que satisfaçam todos os lados.

Nesse sentido, o presidente afirmou que não haveria vencedores caso alguns países da Europa fossem “arrastados para um conflito militar com a Rússia” — como no caso da Ucrânia se juntar à Otan na tentativa de retomar o território da Crimeia.

Foi assim que, durante a coletiva, Putin afirmou que as nações devem encontrar uma saída pacífica para a situação na Ucrânia, evidenciando que os diálogos ainda não acabaram. Ainda assim, o presidente russo pontuou que a nação deve cumprir as etapas previstas pelos acordos de Minsk, estabelecidos em 2014 e 2015.

Quanto aos acordos de Minsk — estejam valendo ou tenham perspectivas ou não — acredito que simplesmente não há outra alternativa [para eles]”, afirmou Putin.

Por fim, ainda de acordo com a CNN, o presidente russo afirmou que a conversa com Macron, que durou cerca de cinco horas, foi bastante positiva. Para Putin, algumas ideias do presidente francês podem ser usadas para chegar a acordos conjuntos. Dessa forma, eles devem manter contato depois que Macron falar com o governo ucraniano.