Notícias » Rússia

Putin repreende ameaça do presidente da Bielorrússia sobre corte de gás para União Europeia

A fala de Alexander Lukashenko não foi aceita pelo líder russo; as nações são aliadas

Penélope Coelho Publicado em 13/11/2021, às 12h00

Vladimir Putin e Alexander Lukashenko
Vladimir Putin e Alexander Lukashenko - Getty Images

Neste sábado, 13, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, criticou a postura do presidente da Bielorrússia a respeito das ameaças de corte do fornecimento de gás natural russo para a União Europeia.

Putin informou que a atitude de Alexander Lukashenko pode estremecer os laços entre as nações, conhecidas por serem grandes aliadas. As informações são do jornal O Globo.

“Falei recentemente [com o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko] e ele não mencionou nada a respeito”, disse o líder da Rússia, em entrevista concedida para a televisão estatal do país.

“Claro que, em teoria, Lukashenko poderia ordenar o corte do nosso fornecimento de gás para a Europa. Mas isso significaria uma quebra no nosso contrato e eu espero que isso não aconteça”, finalizou.

Sabe-se que na última quinta-feira, 11, o presidente da Bielorrússia proferiu ameaças de suspender o fluxo de gás, como tentativa de ‘punir’ eventuais novas sanções da União Europeia contra seu governo.

Atualmente, o país vive um impasse a respeito de imigrantes na fronteira com a Polônia.