Notícias » Brasil

Quadrilha que ensinaria pessoas a se suicidarem é detida em Brasília

As informações preocupantes seriam divulgadas através de grupos online

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 29/09/2021, às 17h06

Fotografia meramente ilustrativa
Fotografia meramente ilustrativa - Divulgação/ Pixabay/ StockSnap

No Distrito Federal, um grupo foi preso pela polícia civil nesta quarta-feira, 29, após investigação levantar suspeita de que eles ensinariam métodos de suicídio a outras pessoas. O caso foi repercutido pelo site Metrópoles. 

A apuração começou depois da morte auto-inflingida de uma jovem de 19 anos que vivia no Paraná. Ela havia ingerido uma substância tóxica, a princípio para testar como era a reação de seu organismo e preparar-se para um suicídio futuro, porém quando percebeu que estava tendo uma reação muito intensa, pediu a ajuda de seus pais. 

Infelizmente, mesmo tendo recebido atendimento médico, ela não conseguiu sobreviver ao episódio. 

Posteriormente, foi encontrado um grupo de WhatsApp em seu celular com o nome de "CTBus", que é uma sigla para a expressão norte-americana "catch the bus", ou "pegue o ônibus", em português. O termo é usado com o significado de tirar a própria vida

Os participantes do grupo disseminavam técnicas com as quais uma pessoa poderia realizar o ato. Eles também usariam outros meios para divulgar as sombrias instruções.

Quatro nomes mais influentes foram identificados e localizados a fim de serem detidos. Além de explicar como as vítimas poderiam colocar um ponto final às suas vidas, eles incentivariam a ideação suicida. 

Ainda conforme o Metrópoles, oficiais encontraram nitrito de sódio, um sal inorgânico que é considerado perigoso para o organismo, durante uma busca na casa de um dos investigados.  


+ Caro leitor, se você sente que precisa de apoio emocional, ou tem percebido sinais de depressão, entre em contato gratuitamente com Centro de Valorização da Vida através do número 188. O serviço conta com voluntários treinados para ajudá-lo da melhor maneira.