Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Michael Schumacher

Quais bens a esposa de Schumacher vendeu para pagar tratamento do ex-piloto?

Desde o acidente do ex-piloto em 2013, Corinna Schumacher precisou vender bens familiares muito valiosos para custear tratamento; saiba quais!

Michael Schumacher e a esposa, Corinna Schumacher - Getty Imagens
Michael Schumacher e a esposa, Corinna Schumacher - Getty Imagens

A esposa do ex-pilotoMichael Schumacher, sete vezes campeão da Fórmula 1, com a mesma idade que ele, teria concordado que o marido "nunca se recuperaria completamente para desfrutar desses bens novamente" quando optou por vender a casa de férias da família na Noruega, em 2015.

Junto com a propriedade, Corinna Schumacher também se desfez do jato particular do casal. As vendas renderam cerca de 25 milhões de libras (aproximadamente 162,6 milhões de reais no câmbio atual), dinheiro que seria destinado à reabilitação do piloto.

Na manhã de 29 de dezembro de 2013, o então piloto de 44 anos esquiava na pista do resort de Meribel, em Les Allues, nos Alpes Franceses, com sua família, quando foi tragicamente atingido por uma pedra. Ele estava em uma área proibida, tentando ajudar outro esquiador que havia caído ali. O esqui de Schumacher colidiu com uma rocha, lançando-o a uma distância de dez metros.

Ao cair, ele bateu a cabeça em outra pedra, resultando na quebra de seu capacete em dois pedaços. Após o acidente, sua esposa precisou assumir os negócios da família e passou a tomar decisões financeiras sobre os bens adquiridos pelo marido. Segundo o jornal inglês The Sun, os custos do tratamento de Schumacherultrapassam os 38 milhões de reais por ano.

O ex-piloto que sofreu grave acidente em 2013 - Getty Imagens

Outras vendas

Em 2021, ela também vendeu a mansão do casal em Gland, Suíça, por 58,7 milhões de euros (aproximadamente 327 milhões de reais, na cotação atual). Oito relógios que pertenciam ao lendário piloto alemão de Fórmula 1 foram leiloados nesta terça-feira em Genebra, Suíça, por US$ 4,25 milhões (aproximadamente 21,8 milhões de reais).

A propriedade atualmente ocupada pelo ex-piloto em Maiorca, Espanha, chamada Villa Yasmín, composta por uma residência principal de três mil metros quadrados, pertencia ao presidente do Real Madrid,Florentino Pérez, de acordo com o jornal alemão Bild, via portal O Globo.

Em 2018, sua esposa adquiriu a propriedade por cerca de 30 milhões de euros (aproximadamente 167 milhões de reais). Há poucas informações sobre o local, exceto que a mansão está situada em um terreno de 15 mil metros quadrados, com duas mansões menores dentro do espaço, além de piscinas, um ginásio, um grande jardim e um heliponto.