Notícias » Entretenimento

"Qualquer um pode fazer esse filme": Gal Gadot defende escolha de interpretar Cleópatra

A novidade anunciada em outubro causou polêmica nas redes sociais devido a cor da atriz

Redação Publicado em 30/12/2020, às 08h00

Em montagem, busto de Cleópatra ao lado de cena do filme Mulher-Maravilha
Em montagem, busto de Cleópatra ao lado de cena do filme Mulher-Maravilha - Divulgação

Após o polêmico anúncio do novo filme que retratará a saga de Cleópatra, a mais popular Faraó do Egito, Gal Gadot, atriz israelense e estrela do blockbuster Mulher-Maravilha, responsável por dar vida a figura no longa, falou pela primeira vez sobre os comentários feitos após a escolha.

O debate nas redes sociais se deu diante da verdadeira cor da última governante do Egito. Isso porque Gadot é branca - assim como as duas últimas atrizes que interpretaram a Faraó em filmes passados, Vivian Leigh em 1945 e Elizabeth Taylor em 1963. Essa performance de 1963, inclusive, rendeu o Óscar para Taylor, e imortalizou o rosto da atriz como correspondente ao de Cleópatra no imaginário de muitos.

"Em primeiro lugar, se você quiser ser fiel aos fatos, então Cleópatra era macedônia", afirmou Gal em entrevista a BBC na última semana.

Ela explicou que outra artista foi procurada para interpretar Cleópatra: "Estávamos procurando uma atriz macedônia que se encaixasse em Cleópatra. Ela não estava lá, e eu estava muito apaixonada por Cleópatra. Tenho amigos de todo o mundo, sejam eles muçulmanos, cristãos, católicos, ateus, budistas ou judeus, é claro... Pessoas são pessoas, e quero celebrar o legado de Cleópatra e honrar este incrível ícone histórico que eu tanto admiro".

A interprete da Mulher-Maravilha, que foi defendida por fãs nas redes sociais, também explica que qualquer um poderia fazer esse filme: "Sabe, qualquer um pode fazer esse filme e qualquer um pode ir em frente e fazê-lo. Estou muito entusiasmada por fazer o meu também".

Ainda não foi divulgada a data de estreia da grande produção. 

O poder de Cleópatra

A última rainha do Egito, Cleópatraé conhecida mundialmente, mas pouco se sabe sobre os aspectos particulares de sua vida. Considerada uma mulher sedutora, a monarca reúne diversos episódios enigmáticos.

Nascida em 69 a.C., na cidade de Alexandria, Cleópatra assumiu o poder aos 17 anos de idade, após a morte de seu pai. Estrategista, procurava dar fim às invasões de outros povos em seu reino.

Ainda jovem casou-se com seu irmão Ptolomeu XII, mas durou pouco tempo. Cleópatra uniu forças políticas com Júlio César, além de torna-se sua amante. Após a morte de seu amado, a rainha conquistou o coração do general Marco Antônio, que apaixonado pela rainha, passou a realizar seus desejos políticos. 

++ Cleópatra: entenda o debate histórico por trás da verdadeira cor da Faraó.