Notícias » Família Real Britânica

Quase um ano depois de deixar a família real, Harry pretende negociar alguns títulos com a Coroa

De acordo com jornal, o príncipe considera que suas condecorações militares vieram por mérito próprio

Penélope Coelho Publicado em 05/02/2021, às 08h59

Rainha Elizabeth I ao lado do casal Harry e Meghan Markle
Rainha Elizabeth I ao lado do casal Harry e Meghan Markle - Getty Images

De acordo com informações publicadas na última quinta-feira, 4, pela Revista QUEM, quase um ano depois de anunciar sua saída da realeza, Harry pretende negociar alguns títulos que foram perdidos depois da renúncia, em março de 2020.

Segundo o jornal britânico The Telegraph, a negociação dependerá da avó do príncipe, Elizabeth II. A reportagem revela que o filho de Diana e Charles não estaria disposto a abrir mão de suas condecorações e títulos militares, já que elas vieram de seus esforços durante o tempo que ele prestou serviços para o Reino Unido.

Contudo, alguns desses títulos pertencem à Coroa. Por isso, eles só poderão ser remanejados ao marido de Meghan Markle caso a rainha da Inglaterra considere a mudança viável, mesmo com a renúncia do neto.

Segundo a imprensa britânica, o príncipe acredita que tais títulos militares vieram de seu esforço. Sabe-se que Harry foi ativo em suas funções e atou como capitão-geral do Royal Marine Corps e Comandante honorário da Royal Honington Air Force.

Uma fonte próxima ao príncipe revelou ao The Telegraph que o homem teria ficado “arrasado por ter que renunciar aos seus títulos”, mesmo que ele saiba que “não tinha outra opção”. Acredita-se que a renegociação do aconteça ainda em março de 2021.

Sobre Elizabeth II

A Rainha Elizabeth IIé uma das figuras mais icônicas da atualidade — e da História. Com quase uma centena de anos, aos 94 anos, ela é a monarca que está ocupando a mais tempo o trono do Reino Unido e de mais 15 estados independentes.

Quando a Segunda Guerra Mundial se iniciou, Elizabeth tinha apenas 13 anos de idade. Já nos estágios finais do conflito, a futura rainha, na época com 19 anos, decidiu atuar no serviço militar britânico, como motorista e mecânica.

14 primeiros-ministros já acompanharam a monarca no poder da Grã-Bretanha ao longo de sua extensa vida. Com quase um século de vida, Lilibeth já presenciou diversos momentos históricos marcantes como a Segunda Guerra Mundial e a Corrida Espacial.