Notícias » Brasil

Quatro pessoas tentaram furtar pertences de Marília Mendonça no local da tragédia, diz polícia

O caso aconteceu logo após o acidente; na ocasião, as autoridades precisaram atirar

Penélope Coelho Publicado em 10/11/2021, às 07h22

Objetos de Marília Mendonça retirados do avião
Objetos de Marília Mendonça retirados do avião - Divulgação/G1

Foi informado na noite da última terça-feira, 9, que um dia após o acidente aéreo que tirou a vida da cantoraMarília Mendonça, de 26 anos, e de mais quatro pessoas em Caratinga, Minas Gerais, pessoas tentaram furtar pertences da artista no local da tragédia.

Segundo as autoridades locais, o caso aconteceu na madrugada do dia 6 de novembro. Na ocasião, o policial militar Marcio Pereira da Silva deu tiros de borracha contra quatro pessoas que foram ao local e tentaram furtar objetos que pertenciam à Marília.

As informações foram obtidas pelo portal de notícias g1, através de um boletim de ocorrência. De acordo com o documento, três policiais ficaram responsáveis pelo monitoramento do local do acidente, no dia após a queda do avião.

Na ocasião, quatro pessoas desceram através de um morro, equipados com lanterna. As autoridades informaram que seguiram os suspeitos, que teriam ido até a aeronave em busca de itens pessoais da cantora.

Segundo os policiais, os suspeitos receberam ordens para parar, entretanto, continuaram. Por isso, receberam tiros de bala de borracha. Na ocasião, as pessoas fugiram. Não foi registrado se elas foram atingidas pelos disparos.


O acidente

A artista que se consagrou como um dos maiores nomes do feminejo faleceu na última sexta-feira, 5, após um acidente de avião enquanto se deslocava até Piedade de Caratinga, Minas Gerais, com o objetivo de fazer um show.

Ao lado da artista, estava seu tio e assessor, Abicieli, o produtor Henrique Ribeiro, além de dois pilotos, que também não resistiram ao acidente. A dura notícia foi confirmada pela assessoria de imprensa da cantora após a informação inicial de que Marília estava bem.

"Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga (MG), onde Marília teria uma apresentação esta noite", relatou a assessoria de Medonça através de uma nota.