Notícias » França

"Quero encher o saco dos não-vacinados", diz presidente francês

Emmanuel Macron utilizou termo equivalente à expressão utilizada em português

Redação Publicado em 05/01/2022, às 10h42

O presidente Francês, Emmanuel Macron
O presidente Francês, Emmanuel Macron - Getty Images

Durante entrevista concedida ao jornal Le Parisien nesta quarta-feira, 5, o presidente da França Emmanuel Macronafirmou que quer "'encher o saco' dos não vacinados". A frase, considerada polêmica, foi destacada pela imprensa francesa.

"Os não vacinados, tenho muita vontade de incomodá-los", declarou o chefe de Estado na ocasião. Ele utilizou o verbo 'emmerder', um termo vulgar em francês, cujo significado se aproxima da expressão "encher o saco".

Conforme destacou a agência de notícias RFI, a frase dita por Macron gerou uma enorme polêmica, resultando no cancelamento das discussões sobre a adoção do passaporte vacinal no país.

Os veículos têm considerado a fala arriscada para a imagem do político entre os eleitores, uma vez que a França se encontra em período de corrida presidencial.

"Não vou prendê-los ou vaciná-los à força. Mas que fiquem sabendo que a partir de 15 de janeiro, não vão mais poder ir ao restaurante, tomar um copo de vinho, um café, ir ao teatro, ao cinema", disse o presidente.

De acordo com a fonte, o governo Macron quer aprovar a transformação do passe sanitário em passaporte vacinal. Desta forma, somente pessoas vacinadas poderão frequentar estabelecimentos com restaurantes e bares, bem como ir a espetáculos e demais atividades culturais.