Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rafael Quintero

Rafael Quintero, traficante histórico procurado pelos EUA é preso no México

O narcotraficante Rafael Quintero estava entre os 10 mais procurados dos Estados Unidos

Redação Publicado em 16/07/2022, às 13h51

Rafael Quintero sendo preso - Divulgação / Youtube / UOL
Rafael Quintero sendo preso - Divulgação / Youtube / UOL

Rafael Caro Quintero, o histórico narcotraficante mexicano, na lista dos 10 mais procurados pelos Estados Unidos, foi capturado no México, conforme informado pela Marinha na última sexta-feira, 15. Ele foi detido e será extraditado.

Caro Quintero, de 69 anos, é acusado pela morte do agente da DEA (agência antidrogas norte-americana) Enrique “Kiki” Camarena, em 1985. Ele também era um dos líderes do extinto cartel de Guadalajara. Capturado em 1985, por ter ordenado o assassinato de Camarena, foi condenado a 40 anos de prisão, mas foi solto por tecnicismo legal em 2013.

Depois de sua libertação, o governo americano exigiu sua captura para fins de extradição, sob acusações de sequestro e assassinato de agente federal, crimes violentos, posse e distribuição de cocaína e maconha, entre outros. Ele foi preso por agentes em Choix, no estado mexicano de Sinaloa.

Recompensa milionária

A recompensa pelo narcotraficante é milionária, sendo a mais alta que a agência antidrogas dos Estados Unidos (DEA) oferece por um criminoso mexicano, chegando a 20 milhões de dólares. Tal recompensa passa até mesmo a de chefes que ainda estão em atividade, como Nemesio Oseguera, "El Mencho", líder do Cartel Jalisco Nova Geração, que é de 10 milhões.

O Departamento de Justiça americano declarou, via UOL, que buscarão a extradição imediata de Quintero “para que possa ser julgado por esses crimes no mesmo sistema de justiça que o agente Camarena morreu defendendo”.