Notícias » Estados Unidos

Rapper é processada por chamar apoiadores de Trump de racistas

Cardi B e sua irmã são alvos do processo após se envolverem numa discussão em uma praia nos Estados Unidos. Veja o vídeo

Penélope Coelho Publicado em 23/09/2020, às 08h52

Fotografia de Donald Trump e Cardi B respectivamente
Fotografia de Donald Trump e Cardi B respectivamente - Wikimedia Commons

De acordo com informações divulgadas pelo TMZ, a rapper Cardi B, sua irmã Hennessy Carolina, e a namorada dela Michelle Diaz, estão sendo processadas por apoiadores de Donald Trump após terem chamado os homens de racistas. A notícia foi divulgada pelo portal Rolling Stone

Segundo a publicação, uma confusão começou inesperadamente em uma praia localizada em Smith Point Beach, Long Island. De acordo com os apoiadores de Trump, Carolina os abordou após notar que eles usavam um boné com o slogan Make America Great Again (usado na campanha do atual presidente norte-americano). “Elas começaram a se enfurecer, cuspir, insultar, agredir, difamar e ameaçar, o tempo todo os gravando”, informa o processo.

O ocorrido foi filmado por Cardi B — que comentou que sua irmã estava sendo vítima de preconceito por ir à praia com a namorada. Em entrevista ao TMZ, Carolina afirmou que começou a se sentir um “alvo” dos apoiadores assim que chegaram ao local e começaram a falar espanhol, o que chamou a atenção do grupo favorável à Trump.

Confira o vídeo nesse link.