Notícias » Arqueologia

Raros artefatos da Idade do Bronze são encontrados na Escócia

Em ótimo estado, as antigas peças foram consideradas um achado de importância nacional pelos especialistas do país

Pamela Malva Publicado em 10/08/2020, às 10h00

Alguns dos artefatos encontrados pelo detector de metais
Alguns dos artefatos encontrados pelo detector de metais - Divulgação/Comunicações do escritório da Coroa

Com um detector de metais em mãos, Mariusz Stepien e alguns amigos encontraram grandes tesouros da Idade do Bronze em Peebles, na Escócia. Após a descoberta, arqueólogos foram chamados e passaram 22 dias investigando os artefatos.

Segundo os especialistas, uma das peças mais impressionantes do achado foi um arreio de cavalo completo. Feito de madeira e bronze, a peça foi bem preservada pelo solo e é o primeiro arreio da Idade do Bronze encontrado por inteiro na Escócia.

Ainda mais, os arqueólogos também identificaram uma antiga espada, datada entre os anos 1000 e 900 a.C.. Outras peças menores, como fitas decorativas, anéis, enfeites, fivelas e tampões de eixo de roda de carruagem estão entre as demais descobertas.

Todos os artefatos foram removidos do local e levados para a Coleção do Museu Nacional, em Edimburgo. Segundo Emily Freeman, chefe da Unidade Treasure Trove, a descoberta é considerada “nacionalmente significativa”, já que poucos tesouros da Idade do Bronze foram encontrados na Escócia — o último significativo foi em 1864.