Notícias » Pré-história

Redução da taxa de fertilidade levou os Neandertais a extinção, indica estudo

Nova pesquisa revela que a espécie não desapareceu após massacres ou epidemias - como era imaginado.

Thiago Lincolins Publicado em 31/05/2019, às 12h00

None
Crédito: Reprodução

Um estudo divulgado pela revista científica Plos One revelou um fato surpreendente sobre os Neandertais, espécie que surgiu há cerca de 400 mil anos na Europa, Oriente Médio e Península Ibérica.

Os pesquisadores envolvidos na pesquisa indicam que os Neandertais foram extintos após uma queda nas taxas de fertilidade. Os últimos membros da espécie desapareceram na Europa há aproximadamente 40 mil anos.

De acordo com outros estudos, no auge, a população totalizava um número de 70 mil habitantes espalhados na Europa e Ásia - uma pequena quantidade.

Há tempos se discute o que poderia ter levado a extinção da espécie. "(...) Acreditava-se que o Homo sapiens simplesmente teria matado os Neandertais”, explicou Silvana Condemi, antropóloga da Universidade de Aix Marselha, na França, em entrevista à Live Science. “Hoje, graças aos resultados da análise genética, sabemos que o encontro entre neandertais e os sapiens nem sempre foram tão cruéis, e esse cruzamento ocorreu - mesmo os humanos de hoje têm genes de origem neandertal”.

Assim, os profissionais procuraram entender como os Neandertais morreram. Ao contrário do que se imagina, a espécie não desapareceu após massacres ou epidemias. A pesquisa indica que o real motivo foi uma leve queda na taxa de fertilidade das jovens que formavam a espécie.

"(...) Uma diminuição muito leve da fertilidade, exclusivamente nas mulheres mais jovens, menores de 20 anos, permite chegar ao desaparecimento da população nos tempos conhecidos", afirmou Condemi. "A baixa na fertilidade é muito pequena, mas é suficiente durante um tempo longo para fazer desaparecer o neandertal".

Segundo Silvana, as mudanças climáticas podem ter resultado numa redução no número de alimentos disponíveis, o que pode ter sido prejudicial para a gravidez das jovens.