Notícias » Brasil

Reencontrada após 45 dias, cachorra Pandora está internada

Depois de desaparecer no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, o animal foi entregue ao seu tutor no último domingo, 30

Pamela Malva Publicado em 31/01/2022, às 22h00

Imagem da cachorrinha Pandora
Imagem da cachorrinha Pandora - Divulgação/ Youtube/ SBT News

Após chamar atenção de todo o país, a cachorrinha Pandora finalmente reencontrou seu tutor, o garçom Reinaldo Junior, no último domingo, 30. Agora, segundo o Diário do Grande ABC, o animal está internado em um hospital veterinário de Santo André.

Pandora sumiu em 15 de dezembro de 2021, durante uma conexão no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Algumas semanas depois, a cadelinha foi encontrada por um funcionário da instituição e emocionou o país ao reencontrar seu tutor.

No total, Pandora ficou desaparecida por 45 dias e, por isso, chegou ao hospital veterinário Dr. Hato em estado instável, com graves sinais de cansaço. Com isso, de acordo com a clínica, ela deve ficar internada por, no mínimo, 72 horas.

Ela perdeu entre 8 e 10kg durante esse tempo. Realizamos todos os exames de sangue, urina, hemograma, entre outros, para podermos nos certificar do real quadro de saúde dela", afirmou Giovana Freire, a diretora do hospital veterinário.

Questionada sobre a teoria de que Pandora teria sofrido maus-tratos, a especialista afirmou que não foram encontradas lesões no animal. Ainda assim, a equipe da clínica irá realizar exames para se certificar de que a cadelinha não sofreu nenhuma agressão.

“Só com os resultados saberemos se ela teve alguma alteração orgânica geral. Estamos trabalhando para que a Pandora possa ir para casa o mais rápido possível", explicou Freire. O hospital veterinário, no entanto, ainda não tem previsão de alta para o animal.