Notícias » Oriente Médio

Relógio de sol de 2 mil anos é encontrado na Turquia

Os pesquisadores envolvidos na importante descoberta afirmam que o artefato, feito de mármore, é raro na região

Isabela Barreiros Publicado em 26/03/2020, às 07h30

O relógio de sol de 2 mil anos
O relógio de sol de 2 mil anos - Divulgação/Sebahatdin Zeyrek

Em meio a escavações que estão sendo realizadas nas ruínas da antiga cidade de Laodiceia, na Turquia, desde 2003, uma grande e rara descoberta foi feita recentemente. Um antigo relógio de sol, que data de mais de 2 mil anos, foi encontrado pelos pesquisadores da Universidade Pamukkale, da Turquia.

Um dos principais pesquisadores envolvidos no sítio arqueológico, o arqueólogo Celal Şimşek, revelou que o achado é muito raro na região. De acordo com Şimşek, o artefato que remonta ao período helenístico possui características únicas em relação aos outros relógios de sol já encontrados.

Feito de mármore, o grande objeto possui decoração de folhas em seu interior. O relógio possui uma forma esférica e está orientado para o sul, contendo grafias de nomes de estações do ano, meses e horas em grego.

Além disso, Şimşek afirmou que os pesquisadores ainda estão em busca de um último pedaço do artefato. O relógio normalmente deveria possuir uma barra indicadora, que é denominada gnomon, que funciona como uma agulha de projeção de sombras para a indicação das horas.