Notícias » Lampião

Livro “Apagando o Lampião” retrata a vida e morte do rei do cangaço

A obra de Frederico Pernambucano de Mello traz depoimentos que pretendem preencher lacunas sobre uma das figuras mais conhecidas do país

Alana Sousa Publicado em 21/12/2018, às 14h05 - Atualizado às 14h20

Virgolino Ferreira, o Lampião
Reprodução

Lampião já foi retratado diversas vezes, seja em novelas, filmes, séries e músicas, sua trajetória e assassinato ainda é objeto de curiosidade de muitas pessoas. Alguns o admiram, outros o temem, mas não há dúvida que Virgolino Ferreira foi uma das figuras que mais marcou o passado do Brasil.

Desta vez, o historiador Frederico Pernambucano de Mello pretende trazer uma nova narrativa por meio do livro "Apagando Lampião – Vida e Morte do Rei do Cangaço". Frederico construiu sua obra com base em documentações escritas e depoimentos orais, contextualizando historicamente as ações de Lampião e seu bando no século 20, além de analisar o percurso que resultou em seu assassinato. 

A diferença imposta sobre esse livro pode ser identificada pelo amplo conhecimento do autor da história do cangaço. Entre seus livros de maior sucesso estão: Estrelas de couro – a estética do cangaço e A guerra total de Canudos.


“Apagando Lampião – Vida e Morte do Rei do Cangaço”, Frederico Pernambucano de Mello,1º Edição, Editora Global, 2018, 400 páginas, R$ 55,00