Notícias » Japão

Restos de muro do castelo mais antigo do Japão é encontrado

A construção pode ter sido erguida a pedido de Oda Nobunaga, um senhor de guerras japonês, após a tomada do castelo

Pamela Malva Publicado em 15/01/2020, às 10h50

Castelo de Gifu, reconstruído em 1910
Castelo de Gifu, reconstruído em 1910 - Wikimedia Commons

Durante o trabalho de escavação em uma área no topo do Monte Kinkasan, arqueólogos encontraram restos de um dos muros do castelo mais antigo do país. A área estudada fica em Gifu, a cidade capital da província Gifu, no Japão.

Foto do muro encontrado / Crédito: Divulgação/Fumiko Takaki

Com 1,8 m de comprimento e 70 cm de altura, o muro é constituído por três camadas de pedras e compõe a parte superior da base do castelo. Segundo os cientistas, a parede foi provavelmente construída a pedido de Oda Nobunaga, dono de terras e senhor da guerra japonês.

Segundo historiadores, o castelo — que antes se chamava Castelo de Inabayama — foi tomado por Oda durante o período Sengoku, ocorrido entre os séculos 15 e 17. Assim que o militar derrotou seu senhor, Saito Tatsuoki, ele mudou o nome da construção para Castelo de Gifu, em 1567.

A descoberta surpreendeu os arqueólogos, já que a estrutura do muro foi demolida durante a reconstrução do castelo, em 1910. Por isso, acreditava-se que grande parte da parede original fora perdida — agora, no entanto, ela pode ajudar a compreender melhor as técnicas de construção da época.