Notícias » Personagem

Restos de navio de Barba Negra revelam que o pirata abandonou a embarcação de propósito

Um estudo analisou pedaços de chumbo que protegiam o casco do navio, deixado para trás em 1718 — mesmo ano da morte do pirata

Vanessa Centamori Publicado em 24/07/2020, às 10h17

Ilustração do pirata Barba Negra
Ilustração do pirata Barba Negra - Divulgação/Disney

Uma nova revelação surgiu sobre o lendário Barba Negra, 24 anos depois que o seu navio "Vingança da Rainha Anne" foi descoberto na década de 1990. A embarcação, só identificada em 2011, agora gerou uma reviravolta no reinado de terror do pirata.

Antes, acreditava-se que o fim dos dias marítimos de Barba Negra ocorreu após o navio encalhar perto das ilhas Outer Banks da Carolina do Norte. Mas, as evidências do naufrágio de 1718 sugerem que o aterramento não foi acidental. 

Historiadores costumavam supor que o pirata calculou mal a profundidade de um banco de areia, no entanto, ao que indica o estudo, o barco foi intencionalmente preso e abandonado na areia, quando afundou abaixo d'água. A embarcação estava em mau estado e com um vazamento sério quando o notório marinheiro a deixou para trás. 

Pedaços de chumbo do navio de Barba Negra / Crédito: Divulgação / North Carolina Department of Natural and Cultural Resources

 

Para chegar à essa conclusão, o arqueólogo Jeremy Borrelli, da East Carolina University, analisou pedaços de chumbo do navio e notou que eles estavam muito danificados. Borrelli comparou as peças com objetos semelhantes de outros sítios arqueológicos.

"O uso de tiras de chumbo era uma prática comum dos marinheiros na época para fornecer proteção adicional a áreas vulneráveis ​​ou propensas a vazamentos do casco", o pesquisador contou ao site Live Science

Depois do naufrágio do "Vingança da Rainha Anne", alguns meses depois, Barba Negra foi morto naquele mesmo ano de 1718, durante um combate com o tenente Robert Maynard e seus homens da Marinha Real Britânica. Estima-se que ele tinha na época entre 35 a 40 anos de idade. 


+Saiba mais sobre piratas por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Grandes Mistérios da História: A teoria da conspiração e os segredos por trás dos acontecimentos, de Sérgio Pereira Couto (2015) - https://amzn.to/2QHjs6p

Uma história dos piratas, de Daniel Defoe (2008) - https://amzn.to/3bMw7xe

Piratas no Brasil: As incríveis histórias dos ladrões dos mares que pilharam nosso litoral, de Jean Marcel Carvalho França e Sheila Hue (2014) - https://amzn.to/37Ax9cl

Meu pai, o grande pirata, de Davide Calì (Autor) - https://amzn.to/2uNpUkd

Breve História dos Piratas, de Silvia Miguens (2013) - https://amzn.to/2SEODjJ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W