Notícias » Arqueologia

Restos humanos do século 15 são encontrados na Inglaterra

Sem qualquer identificação, os vários fósseis provavelmente pertenciam aos monges de um antigo mosteiro da cidade de York

Pamela Malva Publicado em 18/06/2020, às 08h00

Local onde os fósseis humanos foram encontrados
Local onde os fósseis humanos foram encontrados - Divulgação

Durante a construção de um centro comercial na cidade de York, na Inglaterra, trabalhadores se surpreenderam ao encontrar diversas partes de um fóssil humano enterradas. O conjunto contava com um crânio, uma caixa torácica e algumas vértebras.

Após a descoberta, uma equipe de especialistas do York Archaeological Trust foi chamada e, assim, as escavações começaram. No total, os arqueólogos imaginam ter encontrado os ossos de cinco ou seis corpos.

Estudos acerca da região do achado revelaram que o assentamento era o cemitério de um antigo convento, ativo entre os séculos 15 e 16. Assim, os restos mortais provavelmente pertenciam aos monges da época.

Área explorada pelos arqueólogos e fragmentos de cerâmica encontrados / Crédito: Divulgação

 

Além dos fósseis, as escavações ainda revelaram fragmentos de cerâmicas romanas, um grampo de cabelo, azulejos usados em mosaicos e algumas moedas medievais. Ainda mais, o piso da cozinha do convento foi identificado entre os diversos escombros de construções tanto modernas, quanto mais antigas.

Agora, após as escavações iniciais, os restos dos supostos monges devem ser enviados para análise. Apenas assim os especialistas poderão identificar e classificar a idade e o gênero de cada um dos indivíduos encontrados.