Notícias » China

Restos humanos são encontrados em destroços de avião que caiu na China

O Boeing 737 da China Eastern Airlines estava com 132 pessoas a bordo quando entrou em um mergulho quase vertical na última segunda-feira, 21

Redação Publicado em 24/03/2022, às 14h41

Registro da queda do avião no sul da China
Registro da queda do avião no sul da China - Divulgação/Vídeo/UOL

Restos mortais humanos foram encontrados nos destroços do acidente do avião que aconteceu no sul da China na última segunda-feira, 21. A descoberta foi feita pelas equipes de recuperação no local da tragédia.

Segundo reportou a mídia estatal chinesa, ainda não foi divulgado o número de vítimas, mas ainda não há evidências de que alguma das 132 pessoas a bordo do Boeing 737 da China Eastern Airlines tenha sobrevivido à queda.

Conforme é possível ver em registros, a aeronave entrou em um mergulho quase vertical de repente, momentos antes da colisão contra o solo. Embora esteja completamente desintegrado, os registros internos do avião parecem estar bem e devem ser analisados.

Ontem, 23, foi anunciado que as equipes localizaram uma das caixas-pretas responsável por guardar informações sobre trajeto, controle do voo e conversas dos pilotos com torres de comando e outras aeronaves.

A expectativa é que o objeto forneça pistas sobre o que aconteceu com a aeronave, que partiu do Aeroporto de Kunming às 13h11 (1h11 em Brasília) e que deveria chegar na cidade de Guangzhou em aproximadamente três horas, mas desapareceu do radar e caiu nas montanhas.

Como relatou a BBC News, o local do acidente encontra-se praticamente inundado em decorrência das fortes chuvas que devastaram o terreno íngreme e acidentado, dificultando os esforços de socorristas e voluntários. Eles já identificaram destroços e restos carbonizados de pertences pessoais dos passageiros.