Notícias » Europa

Réveillon: Fogos de artifício causam chacina de pássaros em Roma

Centenas de aves ficaram espalhadas da cidade italiana por desorientação, traumas e estilhaços de explosões

Wallacy Ferrari Publicado em 03/01/2021, às 09h00

Aves espalhadas no chão da cidade
Aves espalhadas no chão da cidade - Divulgação

Os tradicionais fogos de comemoração na chegada de um novo ano, desta vez, causaram um evento um pouco diferente na madrugada desta sexta-feira, 1; centenas de passarinhos foram encontrados mortos no centro de Roma, na Itália, por conta de fogos de artifício.

Acredita-se que os sons e luzes causados pelos fogos teriam deixado as aves desorientadas, fazendo com que elas se chocassem contra as paredes dos prédios, janelas e fios de eletricidade, como afirmam as autoridades italianas.

Fotos e vídeos do ocorrido rapidamente viralizaram na internet, e a Organização Internacional para a Proteção dos Animais (OIPA) compartilhou imagens das aves mortas como um apelo à proibição do uso de fogos de artifício.

O lançamento de material pirotécnico já havia sido proibido pela prefeitura de Roma, justificando males aos animais, perigo à saúde dos habitantes e até mesmo danos ao patrimônio público. Foram estabelecidas multas para os que não seguissem a regra, porém, não foram de total eficácia.

"As multas são inúteis, de fato não existem controles e todos os anos contamos centenas de animais selvagens mortos ou feridos e animais de estimação feridos ou mortos por causa dos fogos e da distração dos donos", disse o presidente da OIPA, Massimo Comparotto, à agência ANSA via UOL.